Alergia Alimentar

alergiaalimentarO diagnóstico de alergia alimentar exige avaliação criteriosa.

Quando o assunto é intolerância à lactose, alergia à proteína do leite de vaca ou intolerância ao glúten, muitas dúvidas surgem e por isso a necessidade de atendimento especializado.

Só através de uma consulta detalhada, exames laboratoriais e testes alérgicos é que o diagnóstico e tratamento adequados podem ser iniciados.

Qual a diferença entre alergia à proteína do leite de vaca e intolerância à lactose?

Essas duas doenças são frequentemente confundidas pelo fato de ter um causador em comum: o leite. No entanto, são bem diferentes entre si e necessitam de acompanhamento especializado.

A intolerância à lactose, que é o açúcar natural do leite, ocorre porque o organismo não produz ou produz pouca quantidade da enzima lactase, responsável pela digestão da lactose.

A falta dessa enzima favorece o acúmulo da lactose no intestino, que atrai água, provoca fermentação por bactérias, levando à diarréia, gases, cólicas e distensão abdominal.

Pode ser de causa genética ou surgir em outras situações, como após quimioterapia, radioterapia, diarréias, entre outras. Neste último caso pode ser transitória e desaparecer apóscerto período de tempo. Geralmente quando persiste, tende a piorar com a idade.

A Alergia à proteína do leite de vaca ocorre quando o nosso sistema imunológico identifica tais proteínas como agente agressor, desencadeando vários sintomas desagradáveis, como: diarréia, gases, cólicas, distensão abdominal, lesões na pele, tosse, sibilos, dificuldade de respirar, pequeno sangramento intestinal, entre outros. Ocorre mais agressivamente nos primeiros anos de vida, principalmente na transição do leite materno para o leite de vaca em bebês menores de 6 meses de vida. Os sintomas tendem a diminuir com passar dos anos.

Se ocorrerem sintomas como os descritos acima é importante procurar ajuda e diagnosticar rapidamente para que se inicie o tratamento correto, pois na intolerância é necessário excluir ou ingerir baixa quantidade de alimentos que contenham lactose (depende o grau de intolerância), já na alergia ao leite de vaca é excluída a ingestão de qualquer proteína do leite ou alimentos que contenham frações desta para evitar o desencadeamento do processo alérgico.